Miami é a 5ª cidade mais procurada por turistas

miami-mais-procurada

Se para quem vive em Miami a cidade não está com a melhor reputação – depois da divulgação do estudo feito pelo US Census Bureau, que levou em conta os altos valores de moradia e o baixo salário e a colocou como a pior cidade dos Estados Unidos para se viver – para os turistas têm sido um dos melhores destinos.

Na última semana, o National Travel and Tourism Office divulgou os primeiros dados de visitas internacionais ao país em 2016. Em janeiro deste ano, os Estados Unidos receberam 5,5 milhões de visitantes internacionais, incremento de 1% sobre o primeiro mês de 2015. Entre os principais visitantes estão a China (35%), Índia (17%), Reino Unido (12%) e Coreia do Sul (13%). O México, maior emissor para o país em janeiro deste ano, enviou 1,5 milhões de visitantes, recorde desse mercado, com aumento de 3%.

Menos brasileiros
Por outro lado, caíram no raking de visitantes o Canadá (13%) e, como reflexo da crise, Brasil (22%). Os brasileiros totalizaram 193,4 mil visitantes em janeiro, queda de 21,8%. No ano passado foram 2,2 milhões de brasileiros no total, queda de apenas 4% em relação a 2014. A queda de mais de 20% em janeiro deste ano preocupa, mas especialistas do setor acreditam que o país ainda pode fechar 2016 com uma diminuição de apenas um dígito no envio de turistas para os EUA.

A Argentina cresceu 22,3%, totalizando pouco mais de 73 mil turistas em janeiro. A Colômbia caiu 8,5% (54 mil visitantes) e a Venezuela 2,1% (37 mil).

Miami
Os três principais portões de entrada de estrangeiros nos Estados Unidos (Miami, Nova York/JFK e Los Angeles) responderam, em janeiro, por 41% do total (contra 41,6% em 2015). Mais de 68% das visitas foram a lazer e 18,2% a negócios.

Como consequência, a rede hoteleira da cidade mais popular do sul da Flórida tem registrado boas ocupações. Segundo o Greater Miami Convention &Visitors Bureau, Miami registrou no primeiro semestre 7,5 milhões de diárias vendidas, 2,5% a mais do que registrado no mesmo período em 2015. Estes números colocam a cidade como a quinta norte-americana no ranking das maiores taxas de ocupação no país. Neste período a oferta de quartos aumentou 4,1%, saltando para 52,6 mil unidades. O valor de uma diária está custando, em média, $212 dólares.

Fonte: Pan Rotas.

Mais de 22 milhões passaram pelo MIA no primeiro semestre

O número de passageiros que passou pelo Aeroporto Internacional de Miami (MIA) no primeiro semestre deste ano foi de 22,6 milhões, 700 mil (3%) a mais do que no mesmo período de 2015. O número tende a aumentar ainda mais.

Segundo a administração do aeroporto, cinco companhias aéreas começarão a operar em seus terminais nos próximos meses. A Eurowings passará a oferecer três voos semanais para Colônia (Alemanha), a Silver Airways terá voos para as Bahamas, e a Bimini e a Scandinavian Airlines contarão com três voos semanais para Copenhague (Dinamarca) e quatro para Oslo (Noruega). Já a Dominican Wings terá um voo semanal para Punta Cana e Santo Domingo (República Dominicana). A KLM voltará a contar com voos semanais no aeroporto de Miami com destino a Amsterdã (Holanda).

Quanto ao número de viajantes em voos domésticos, o aeroporto contabilizou um aumento de 5% em comparação com os primeiros seis meses de 2015, para um total de 12,1 milhões de passageiros.

Fonte: Gazeta News

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: