10 motivos para não ser um corretor de imóveis

motivos p nao

As ilusões que levam alguém a se tornar um empreendedor também valem para mercado imobiliário, pois todo corretor é um empreendedor de si mesmo, da sua equipe ou imobiliária. Por isto é importante conhecer todos os detalhes da profissão, sejam eles bons ou ruins.

Os 10 motivos para não ser corretor de imóveis

1. Detesto minha empresa

Por si só, esta não é razão para se tornar um corretor de imóveis. Se você não está contente com sua atual condição, troque de empresa. Se você acha que vai encontrar no mercado imobiliário a solução para os seus problemas, pode estar muito enganado. Fatores como a falta de uma remuneração fixa e a concorrência nesse mercado devem ser levados em conta na sua decisão.

2. Odeio meu chefe

Assim como no caso da empresa, troque de chefe – ou de empresa. Se você acredita que se tornar chefe de si mesmo será mais fácil que gerenciar seu relacionamento com um superior, pode estar enganado. Até mesmo porque se você for trabalhar em uma imobiliária, também terá um chefe e a situação pode ser a mesma.

3. Ter mais tempo livre

Esse é um dos pontos mais delicados. Você estará sempre com seu celular no bolso, pronto para receber a ligação de um cliente ou do seu novo chefe. Além do mais, você muitas vezes terá de adequar o horário de uma visita ao tempo livre do seu cliente e isto pode ser no domingo ao meio-dia ou na segunda-feira às 6h30.

4. Ganhar mais dinheiro ou  ficar rico

Comissões! Comissões! Até você entender a realidade do mercado que você vende um imóvel agora e outro daqui a três meses e  neste meio tempo vai ralar muito. E alguém falou em 6%? Na maioria das vezes não, exceto se você trabalhar sozinho, já que nestes 6% tem a parte do dono da imobiliária, do seu gestor e do captador. Outro ponto é que, até você pegar o “jeito” do mercado e a técnica de venda ideal, você terá que lidar com este vai e vem econômico e emocional.

5. Ter horários flexíveis

Assim como o tempo livre, você tem toda a flexibilidade. Até que o telefone toca. É como a vida de um médico que “trabalha pouco”, mas fica sempre pendurado. Combine esse fator com períodos de instabilidade econômica e verá que, às vezes, o domingo no parque vai ser substituído pelo domingo de plantão. Sem falar das reuniões para alinhar estratégias com a equipe e os quase obrigatórios coquetéis de lançamento de empreendimentos e treinamentos das incorporadoras sobre o produto deles.

6. Querer provar algo

Orgulho e vaidade não são um bom ponto de partida para a tomada de decisões. Se você quer “mudar de vida” para provar, para si ou qualquer outra pessoa, que tem tempo e dinheiro de sobra ou qualquer outro “motivo”, não vá para a corretagem, pois você pode não conseguir provar nada e se frustrar muito com isto.

7. Estar desempregado

Sem a devida força e alguma reserva, tornar-se corretor de imóveis somente por estar desempregado não será a melhor ideia. Nem sempre a venda sai de primeira (quase nunca) e você poderá passar algum tempo investindo tempo e dinheiro sem nenhum retorno.

8. Fazer o que que gosta

Esse é um  bom motivo, mas antes busque saber mais sobre a rotina, as dificuldades e os benefícios de ser um corretor de imóveis. Vá até uma imobiliária e converse com um. Assim você sera capaz de ponderar se o “que eu gosto” é capaz de me dar prazer e retorno quando isto vira rotina.

9. Só pensar em estratégia

Cansado de seguir ordens e quer definir seus próprios objetivos e rumos? Ótimo! Tem pique para coordenar toda a sua rotina de atendimentos e decidir qual o cliente vale mais a pena e correr atrás de um atendimento diferenciado para ele? Não basta pensar só na estratégia, é preciso estar preparado para executá-la.

10. Seguir a moda

Virar seu próprio “patrão” está na moda. Empreender está na moda. Assim como ser corretor de imóveis, autônomo ou não, e ter horários flexíveis e comissões fartas. Tudo fica mais bonito quando descobre que seu amigo faturou 15 mil reais numa venda. Mas não se baseie somente em casos de sucesso, busque entender a realidade e as dificuldades do mercado e de seus profissionais.

A grande mensagem que queremos deixar para você é que antes de optar pela profissão de corretor de imóveis você precisa analisar os prós e os contras desta carreira.

Você já é corretor de imóveis? Tem alguma dica para os interessados na profissão?

Fonte: VivaReal

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: