Luxo valioso

lara4

Luxo e valor em conjunto. Descubra quais são as marcas deste universo presentes no ranking Brandz, a lista dos 100 players mais valiosos do mundo.

Se existe um tema no qual a maioria daqueles que admiram bens e serviços de luxo sentem-se à vontade para conversar e debater é, com certeza, as marcas que fazem parte desse admirável mundo no qual qualidade, tradição e excelência são algumas das palavras de ordem. Se cada um tem seus próprios motivos para preferir uma ou outra grife em segmentos tão diversos como gastronomia, moda e automobilismo, existem marcas que ocupam um ranking disputado por todas as outras: o das empresas mais valiosas do planeta.

Recentemente, foi divulgado o ranking Brandz que seleciona, anualmente, as 100 marcas mais valiosas em todo o mundo. Pode-se afirmar que não houve surpresa alguma na relação das dez mais. Do primeiro ao décimo lugar, a ordem é a seguinte: Apple, Google, Microsoft, IBM, Visa, AT&T, Verizon, Coca-Cola, McDonald’s e Marlboro. Em uma análise superficial, é possível supor que as empresas que ocupam as primeiras posições não possuem relação direta com o segmento premium, mas basta um olhar mais aprofundado para entender de que forma as organizações voltadas ao luxo podem absorver as informações fornecidas pelo estudo.

No primeiro lugar geral do ranking está a Apple, comprovando o enorme sucesso comercial dos seus produtos. De acordo com uma matéria publicada na revista Isto é “a Apple cresceu 67% em apenas um ano, atingiu o valor de 247 bilhões de dólares e superou o Google que ficou na segunda colocação valendo 174 bilhões após crescimento de 9%”. A empresa criada por Steve Jobs e Steve Wozniak, além de ser a principal referência em tecnologia voltada à comunicação e ao entretenimento em todo o mundo, cada vez mais estende suas ramificações para o universo do luxo. Se, até pouco tempo atrás, os i-Phones eram o carro-chefe que permitiam à empresa entrar no seleto mercado de alto padrão, atualmente, a parceria da Apple com marcas tradicionais como a francesa Hermès está criando produtos com doses iguais de estilo, sofisticação e tecnologia.

A importância do Google, em segundo lugar no ranking, também está longe de ser desprezada pelas marcas que constituem o mundo do luxo. Prova disso é contínuo investimento que as principais grifes do mundo promovem, todos os anos, nas ferramentas virtuais de contato com seus clientes e na utilização das redes sociais como processos essenciais na divulgação de novos produtos. A criação de estratégias de marketing voltadas ao mundo virtual e o monitoramento dessas empreitadas, analisando de forma decisiva as estatísticas produzidas pelo Google, consolidam o rumo de uma campanha ou, por vezes, obrigam abandonar os conceitos para agregar valores novos à imagem da empesa.

Entre as 100 marcas mais valiosas do mundo, também não é surpreendente que a Louis Vuitton, que ocupa a trigésima-segunda posição no ranking, seja a primeira enquadrada na categoria luxo. Outras grifes tradicionais no universo premium, como a italiana Gucci, aparecem na relação, mas é notável a porcentagem e a diversidade das empresas voltada à tecnologia que se configuram entre as marcas mais rentáveis do mundo.

A tecnologia é uma ferramenta fundamental para o sucesso de qualquer organização nos dias de hoje, independente do segmento de atuação. Encontrar formas de harmonizar os avanços tecnológicos com produtos que desfrutam de séculos de tradição e excelência é o desafio a ser enfrentado pelas marcas de luxo nos anos que estão por vir.

Fonte: Terapia do Luxo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: