CASA NA ÁRVORE DE 25 M² COM DIREITO A VARANDA E TUDO!

casa

Na cidade de Barretos, interior paulista, as arquitetas Beatriz Zamperlini e Mariana Zimmermann tiveram apenas uma semana para concluir a obra, que usou três tipos de madeira. A árvore escolhida foi um flamboyant centernário

Realizar o sonho de duas gerações. Foi assim que as arquitetas Beatriz Zamperlini e Mariana Zimmermann receberam o desafio de construir uma casa na árvore em apenas uma semana em um sítio na cidade de Barretos, interior do estado de São Paulo.

O projeto iria realizar o desejo da filha Letícia, 33 anos, e das netas Isabela, 5, e Vitória, 3, de ter uma casa de boneca em cima de uma árvore. Apesar do prazo curtíssimo, nada poderia ser improvisado. Beatriz e Mariana visitaram o local em busca da melhor árvore e escolheram um flamboyant centenário, com galhos robustos, que suportariam a estrutura da construção.

Como foi feita a casa

Com o desenho em mãos, elas contrataram a marcenaria Pertinaz Brasil para erguer o projeto. Os pilares foram feitos com madeira eucalipto, a estrutura com perobinha, e os acabamentos com pínus. Incluindo a varanda, a casa tem 25 m². “Durante a construção, preservamos totalmente a árvore. Por isso, ripas foram cortadas respeitando os galhos”, conta a arquiteta Beatriz Zamperini.

O prazo foi cumprido à risca por um motivo muito especial. No dia da entrega, Isabela completou 5 anos e ganhou uma festa com o tema acampamento. A casa, claro, abrigou os amigos, a família e virou o ponto alto da festa. Alguma dúvida de que seria um sucesso?

casa2

casa3

casa4

Fonte: Casa e Jardim

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: