Pensar fora da “caixa” na hora da crise pode ser a chave para o sucesso

correctorrrrrrr

Você já parou para pensar que o momento de crise pode ser a hora certa para encontrar soluções inovadoras, superando, assim, as expectativas dos clientes?E as justificativas são claras: para destacar-se não se pode seguir a manada. Portanto, nesses momentos, só há espaço para quem se adapta rapidamente.

No entanto, uma das características naturais dos seres humanos é “fugir” com o coletivo em situações de perigo eminente, como em um incêndio. Esta característica, aliás, também pode ser observada no mercado de ações, quando as pessoas começam a vender suas posições somente porque as outras estão vendendo e criando a chamada “bola de neve”.
E a grande oportunidade pode estar, sim, em você criar algo inovador em meio a uma crise, pois a situação acima se repete quando se fala em investimentos em inovação.

É comum empresas desistirem de um projeto que lhe traria um ganho substancial com o argumento de que houve cortes de gastos, seguindo a tendência do mercado.

Apesar desse cenário pessimista, o que muita gente não vê é que, na verdade, este cenário pode representar um trampolim para aqueles que pensarem diferente.A teoria da seleção natural de Charles Darwin, por exemplo, diz que uma espécie se multiplica exponencialmente em um ambiente até que a escassez de recursos leva a uma competição acirrada, onde só os mais fortes sobrevivem.

Em momentos de economia vulnerável, como a que vivemos, o mercado se comporta como o ambiente citado por Darwin. Ocorre uma escassez de oportunidades, ou seja, um aumento de competitividade entre as “empresas de mesma espécie”. Esta competitividade leva a uma alta taxa de mortalidade daquelas menos adaptadas ao novo cenário.

E, certamente, nestes momentos o mercado pode ser cruel com aqueles que apenas esperarem o momento ruim passar.Investimentos em inovação visam resultados a médio-longo prazo, ou seja, quem investe durante uma crise, provavelmente, poderá usufruir deste investimento no próximo período de mercado aquecido, e vice-versa.

Assim, os períodos de baixas vendas podem ser considerados momentos de preparação para o próximo momento de mercado aquecido que, em breve, virá.

Fonte: Sou Corretor de Imóveis

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: